Malucos por livros

Porque ler também é coisa de maluco

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Sugestão do Dia: O Conde de Monte Cristo


"O Conde de Monte Cristo" é um romance de Alexandre Dumas, francês famoso por esse livro e por "Os Três Mosqueteiros". O nome do romance surgiu quando Dumas, a caminho da Ilha Monte-Cristo, disse ao neto de Napoleão que usaria a ilha como cenário de um romance.
Trata-se de uma obra que versa sobre a condenação e encarceramento de um inocente, motivados não por erro de justiça e sim, por conveniência de pessoas envolvidas no retorno de Napoleão da Ilha de Elba para recuperar o trono perdido. Durante uma década e meia, instruído em todas as ciências da época e tendo adquirido gostos e maneiras refinados através de estreito relacionamento com um companheiro de cárcere (abade de cultura enciclopédica), este homem mítico foge milagrosamente da prisão e reaparece em Paris, acobertado sob o manto de riquíssimo e poderoso nobre estrangeiro, com o firme objetivo de restaurar a sua justiça particular. Saídos da pena de Alexandre Dumas, desfilam no texto personagens de toda a alta sociedade parisiense - aristocratas e burgueses enriquecidos - que realizam grandes negócios, mantêm romances ocultos, todos movidos por múltiplas e intensas emoções humanas, sem falar do mais enigmático de todos, o personagem que dá nome ao livro, o Conde de Monte Cristo.
Esse livro é um clássico da literatura, que realmente merece ser lido por todos que se consideram malucos por livros, mostrando personagens que mostram na dosagem certa as diversas facetas do ser humano. Até mais, malucos!!


Aragorn


4 comentários:

André Luís disse...

Grande, gostei do seu blog! É a primeira vez que visito e sempre que puder estarei por aqui...falou! Bom resto de semana!

DM disse...

Obrigada pela visita em meu blog,o seu está perfeito,parabéns.

http://denisemorelis.blogspot.com/

Guttwein disse...

Não sei pq, mas sempre interligo mentalmente, esse livro àquele filme "V de Vingança" rs... muito estranho, mas eu vejo muitas paralelos entre os dois!

Yoshi disse...

Nossa...li esse livro quando tinha 13 anos.
como era idiota naquela epoca, achei bem chato o.o'

talvez tente le-lo denovo.

Postar um comentário